Casa automatizada: o futuro já chegou
Young woman controlling home light with a digital tablet in the living room. Concept of a smart home and light control with mobile devices

Casa automatizada: o futuro já chegou

Nos filmes esse tema sempre foi tratado como futurismo, mas a realidade é que a automação residencial já existe há algum tempo. Ações como controlar as luzes, tocar uma música ou pesquisar algo na internet somente usando um comando de voz são alguns exemplos do que já é possível fazer. 

Quer entender melhor como funciona uma casa automatizada, quais os benefícios e como implementar esses processos na sua casa? Continue lendo que vamos explicar tudo isso e muito mais para você.

Como funciona uma casa automatizada?

O wi-fi aqui é a chave! Isso mesmo, na prática, é por meio do sinal wireless que é possível controlar funções na sua casa. Por exemplo, é possível controlar as luzes ou sistema de refrigeração de um ambiente apenas acessando um aplicativo no seu celular. Para a automação funcionar é preciso que os aparelhos tenham um plug receptor do sinal de Wi-Fi. É este plug que vai se comunicar com o outro dispositivo e assim concluir ação comandada por você.

A primeira grande vantagem é o conforto, obviamente, porém não pense que para por aí. Outro ganho das casas inteligentes é a economia, já que essa inteligência em questão também é capaz de desligar aparelhos que não estão sendo utilizados em um determinado momento. 

Além disso, muitos podem achar que tudo isso é muito complexo, mas saiba que estas integrações estão cada vez mais acessíveis e de fácil uso. A maioria dos aparelhos é de fácil instalação e uso, sem demandar estrutura ou conhecimento técnico aprofundado.

Aparelhos que automatizam sua casa por você

É impossível falar sobre casas automatizadas sem falar da Alexa, o aparelho de comando de voz lançado pela Amazon. Ela funciona como um assistente pessoal para pequenas atividades do dia a dia, como fazer comprar, controlar luz e temperatura do ambiente, ativar streamings de músicas e filmes e até mesmo acompanhar sistemas de segurança.

 

Porém, você pode ter uma casa automatizada sem necessariamente contar com um aparelho como a Alexa. A Philips, por exemplo, já conta com lâmpadas inteligentes, que podem variar a cor de iluminação e, até mesmo, reproduzir imagens. A Xioami e a Positivo também estão trabalhando em tomadas inteligentes, que dispensariam os eletrodomésticos de ficarem próximos de paredes, por exemplo.

E a segurança?

Para muitos pesquisadores, há um risco associado ao processo de conectar a sua casa na internet, pois isto é inevitavelmente um ponto de entrada para hackers. Ao mesmo tempo, técnicos na área afirmam que estes tipos de aparelhos e aplicativos possuem níveis maiores de segurança quando comparados a outros de uso comum.

 

Porém, o debate da segurança vai muito além. Uma casa inteligente possui mais do que senhas, era armazena os hábitos, as preferências dos moradores, rotinas, trajetos. Informação tão poderosas quanto a segurança da propriedade física em si e que precisa de um grande debate, principalmente em um cenário o qual a proteção de dados ainda não está estabelecida.

Casas automatizadas, você está pronto?

Caso você queira implementar as novidades para casa saiba de um ponto: o que você precisa é de um WI-FI de qualidade. Aqui na Bnet você encontra um sinal de qualidade e com ultravelocidade, conheça já os nossos planos!

Deixe uma resposta