Crise coronavírus: como começar a vender pela internet?

Crise coronavírus: como começar a vender pela internet?

Como a crise provocada pelo novo coronavírus, muitos negócios que antes não estavam presentes no digital precisaram se adequar. Restaurantes e lojas possuem, via internet, a possibilidade de continuarem vendendo seus produtos e garantindo a segurança do seu público que, mesmo com o fim total ou parcial do isolamento, pode acabar preferindo não se expor.

Mas então, como vender online? Para quem está começando pode parecer difícil e até mesmo quase impossível conquistar o seu lugar em meio a marcas que já estão estabelecidas no meio digital e possuem estrutura completa para essa operação. Porém, não se preocupe: é mais simples do parece.

A seguir, preparamos algumas dicas que você pode seguir para se adaptar mais rapidamente ao mundo on-line e começar a vender já.

Dicas para começar a vender pela internet

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que não é necessário ser um grande conhecedor de informática, redes sociais e programação para vender online. Hoje, o processo de colocar uma loja virtual no ar ou mesmo manter postagens no Facebook e Instagram podem ser totalmente contornados por ferramentas que entregam modelos prontos ou facilmente editáveis. Tudo o que você precisa é dedicação. 

Veja agora as dicas práticas:

1# Análise o que você precisa para vender

Nem sempre o seu negócio demandará um loja online complexa. O WhatsApp possui o recurso de catálogo de produtos. O Instagram permite vender e também funciona como uma ótima vitrine assim como o Facebook. Neste momento, opte pelo simples.

2# Dedique-se ao atendimento e esteja presente em vários canais

Ofereça formas diferentes para o potencial cliente entrar em contato com você. Redes sociais, e-mail, chat, telefone, Whatsapp. Ter os canais e ser ágil nesse atendimento é o primeiro passo para cativar e criar confiança naquela pessoa que está interessada em seus serviços ou produtos. Inclusive depois da compra!

3# Faça barulho

Mais do que criar uma presença digital, você precisa comunicar ela. Compartilhe posts, faça sorteios, siga vários perfis, faça parcerias. Chegue até o cliente ao invés de esperar que ele o procure. O meio digital é tão concorrido quanto o presencial, seja ativo!

4# Invista na entrega

Tudo irá depender do seu tamanho e tipo de mercado, porém, sempre quando se vende online, a maior preocupação do cliente é o valor e prazo do frete. Caso você venda localmente, o ideal é fazer parcerias com profissionais que possam otimizar o delivery para você. Caso seja regional ou nacional, pesquise boas transportadoras e negocie um pacote para você.

5# Seja flexível com o pagamento

Bancos digitais oferecem muitos recursos como geração de boleto ou transferência bancária sem custo, por isso, é preciso investir e flexibilizar a sua forma de pagamento. Algumas ferramentas como o paypal ajudam a tornar o procedimento mais seguro e transmite confiança. Análise o quanto você precisa investir e quais pontos o seu público valoriza na hora da compra.

Quais são os desafios que você está enfrentando nesse momento? Comente aqui!

Deixe uma resposta